Problemas Jurídicos e saúde mental

Como os problemas jurídicos podem afetar na saúde mental?

Veja como os problemas jurídicos podem impactar diretamente na saúde mental do colaborador

No mundo pós pandêmico a Saúde mental se tornou um tema de preocupação geral, o isolamento social causou aumento de doenças como ansiedade e depressão

Segundo a OMS, o Brasil é o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. Esses são dados preocupantes e devem ser levados em conta pelo RH, já que a incidência de abandonos no trabalho são em grande parte decorrentes desses transtornos.

Um levantamento realizado pela B2P, consultoria especializada em gestão de afastamentos de funcionários por razões médicas, revelou que os transtornos mentais foram a segunda maior causa de afastamento nas empresas no ano de 2021. Em primeiro lugar estão doenças do tecido conjuntivo e em terceiro lesões no geral. O coronavírus foi a quarta maior causa no período.

O que é ansiedade e como ela afeta a saúde mental?

No dicionário da língua portuguesa podemos encontrar diversas definições para o termo, como aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza, relação com qualquer contexto de perigo, etc.

Já o Ministério da Saúde define o transtorno de ansiedade como “uma doença relacionada ao funcionamento do corpo e às experiências de vida”. De acordo com o órgão, é um fenômeno que ora nos beneficia ora nos prejudica, dependendo das circunstâncias ou intensidade, podendo tornar-se patológica, isto é, prejudicial ao nosso funcionamento psíquico (mental) e somático (corporal).

É por isso que, geralmente, os transtornos de ansiedade despertam uma reação em cadeia, uma vez que o indivíduo passa a ter uma perspectiva mais pessimista das situações ao seu redor. Dentro destas condições psicológicas, fica ainda mais difícil solucionar problemas do dia a dia.

Saúde Mental e a Pirâmide de Maslow: uma necessidade humana básica

A Teoria da Motivação Humana, desenvolvida por Abraham H. Maslow em 1954, apresenta as necessidades humanas de forma hierárquica.

No estudo, também conhecido como Pirâmide de Maslow, o psicólogo ilustra a teoria em forma de pirâmide em ordem de maior para menor importância.

Segundo Maslow, qualquer indivíduo que viva em sociedade precisa ter essas vontades atendidas para que possa alcançar a auto realização.

Maslow também revela quais os diferentes tipos de prazer e bem-estar necessários para que isso aconteça, em ordem crescente:

  • Necessidades Básicas: relacionadas às funções fisiológicas humanas, como alimentação, repouso e sexo.
  • Segurança: engloba tudo que traga o sentimento de proteção, como abrigo, segurança física e boa saúde.
  • Social: a partir do momento que o indivíduo tem suas necessidades mais primitivas atendidas, elas se voltam para as relações sociais, sejam elas familiares, amorosas, de trabalho, amizades, etc.
  • Estima: está relacionada ao sentimento de valorização e reconhecimento no meio em que vive.
  • Auto realização: após ter atravessado todos esses estágios, chega-se ao topo da pirâmide, que está relacionado ao sentimento de conquista dos desejos pessoais, liberdade e autocontrole.

 

Mas, você deve estar se perguntando, o que isso tem a ver com a saúde mental e problemas jurídicos?

Bom, quando refletimos o estudo de Maslow na sociedade moderna e as complexidades que surgiram ao longo da história, percebemos que a saúde mental passou a ser uma das principais necessidades humanas.

Como dito anteriormente, casos de ansiedade, depressão e burnout – apenas para citar alguns exemplos – foram as principais causas de afastamento do trabalho dos últimos anos.

Uma mente em desequilíbrio traz inúmeras consequências, além do mal-estar físico e psicológico para o indivíduo, a impossibilidade de exercer tarefas no trabalho, em casa e até gerir seus relacionamentos pode trazer sérias consequências sociais e agravar ainda mais o quadro de saúde.

O tratamento da saúde mental é essencial para o bem-estar do ser humano, e deve ser levado a sério assim como qualquer outro problema de saúde, para suprir suas necessidades e possibilitar o avanço na Pirâmide de Maslow, em direção aos seus estágios mais elevados, afetando diretamente em sua qualidade de vida e senso de auto realização.

Como problemas jurídicos podem prejudicar sua saúde mental

Saúde mental é um tema que deve ser levado a sério e tratado com especialistas, assim como qualquer outra enfermidade, com objetivo de tratar de suas questões emocionais.

Entretanto, os gatilhos que desencadeiam estes desequilíbrios, muitas vezes, vêm de causas racionais e tangíveis, como um problema jurídico.

Como uma relação amorosa que termina trazendo questões burocráticas que precisam ser resolvidas, como divórcio, divisão de bens e guarda de filhos. A morte inesperada de algum ente querido – que já é um processo psicologicamente delicado – passa a ser mais estressante quando é preciso lidar com inventários, herança e/ou pensão, por exemplo.

Estes são apenas alguns casos que podem acontecer a qualquer momento com qualquer pessoa, independentemente dela já apresentar um quadro de ansiedade ou não.

É primordial que se trate a causa pela raiz para que o desequilíbrio emocional não retorne ou seja ativado por alguma outra questão futura.

Por isso, a segurança jurídica deve ser levada tão a sério quanto outras medidas preventivas que se tomam para regular a saúde mental, como ir ao terapeuta, fazer ioga e/ ou meditar regularmente.

LegalPass – Benefício Jurídico a favor da saúde mental

Pensando nestes problemas apresentados é que surge a LegalPass, que visa democratizar o acesso ao mundo jurídico. Com um time de advogados de excelência, prontos para lidarem com quaisquer problemas de seu colaborador, além de uma plataforma inteligente, onde é possível criar documentos, pesquisar processos, acompanhar casos e tirar possíveis dúvidas.

Em um mundo cada vez mais afetado pela falta de saúde mental, manter os funcionários bem resolvidos com as questões mais burocráticas de suas vidas, facilita muito para alcançar o bem-estar.

Compartilhe nas redes sociais

Publicações relacionadas

Qual a sua dúvida?

Clicando no botão abaixo sua mensagem aparecerá no WhatsApp e você precisa enviá-la ao advogado escolhido. Em seguida o profissional dará continuidade ao seu atendimento por lá.

[rs-search-form type="full"]
Filtros
[rs-search-form type="full"]
Como foi sua experiência com este advogado?
5/5
[rs-comment-form]