Como um advogado pode te ajudar em caso de divórcio e separação?

Imagem de advogado especialista em divórcio e separação, junto com casal e um contrato.

Entenda o que faz um advogado especialista em divórcio e separação e como ele pode ajudá-lo nesses casos.

 

 

Quando um casamento ou união estável chega ao fim, o auxílio de um advogado especialista em divórcio e separação é mais do que necessário. Isso porque, esse apoio definirá a guarda dos filhos, pensão alimentícia e tantas outras questões legais. 

 

Além disso, esses profissionais têm o conhecimento e a experiência necessários para orientar e representar seus clientes durante esse processo delicado. Eles podem orientá-lo, inclusive, no conhecimento sobre seus direitos e obrigações presentes nas relações familiares. 

 

Pensando nisso, nós do LegalPass preparamos um artigo completo para explorar, em detalhes, o papel de um advogado especialista em divórcio e separação e como ele pode ajudar a garantir uma separação justa e equilibrada. Acompanhe a seguir e saiba mais: 

 

O que diz a legislação sobre o divórcio e separação?

Em primeiro lugar, deve-se levar em consideração a lei que rege os casos de divórcio, que no Brasil, é a Lei nº 6.515/1977, conhecida como Lei do Divórcio. Essa norma trouxe importantes mudanças ao sistema jurídico brasileiro, permitindo a dissolução do casamento com maior agilidade e de forma simplificada. 

 

Ela estabelece os procedimentos e requisitos necessários para a obtenção do divórcio, além de abordar questões relacionadas à guarda dos filhos, partilha de bens e pensão alimentícia.

 

A principal alteração que a Lei do Divórcio introduziu, foi a possibilidade de divórcio direto, ou seja, a dissolução do casamento sem a necessidade de prévia separação judicial. Antes dessa lei, era obrigatório passar por um período de separação judicial de um ano antes de entrar com o pedido de divórcio.

 

Atualmente, o casal pode optar pelo divórcio direto, desde que estejam de acordo com a decisão e não haja filhos menores de idade ou incapazes envolvidos. Se houver filhos, o divórcio também pode ser direto, desde que o casal apresente um acordo sobre a guarda e a pensão alimentícia dos mesmos.

 

Em relação aos direitos e deveres dos cônjuges com filhos após o divórcio ou a separação, a legislação brasileira estabelece que ambos têm o dever de contribuir para a criação e educação dos filhos, independentemente de com quem eles residam. 

 

Além disso, as questões relativas à divisão de bens, pensão alimentícia e guarda dos filhos serão analisadas pelo juiz. Ele levará em consideração os princípios da equidade e do melhor interesse da criança.

 

Quais são as possibilidades de divórcio e separação previstas em lei?

Além de entender, de fato, como um advogado especialista em divórcio e separação pode te ajudar, é importante avaliar qual é o seu caso, e então, buscar seus direitos. Veja a seguir quais são as possibilidades previstas em lei: 

Divórcio litigioso

O divórcio litigioso é o caminho mais tradicional para a dissolução de um casamento. Nessa modalidade, os cônjuges apresentam uma petição de divórcio ao tribunal, que decidirá sobre questões como divisão de bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia. 

 

Cada parte pode contratar um advogado para representá-los no processo judicial. O divórcio litigioso pode ser uma opção adequada quando há desacordo significativo entre as partes ou quando questões complexas precisam ser resolvidas.

 

Divórcio consensual

O divórcio consensual, também conhecido como divórcio amigável ou divórcio por mútuo consentimento, é uma alternativa menos conflituosa ao divórcio litigioso. 

 

Nesse caso, os cônjuges chegam a um acordo sobre as questões relacionadas ao divórcio, como divisão de bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia, e apresentam um acordo conjunto ao tribunal. Esse tipo de divórcio geralmente é mais rápido e econômico para ambas as partes.

 

Separação judicial

A separação judicial é uma opção legal que permite aos cônjuges formalmente se separarem, sem dissolver o casamento. 

 

Essa alternativa pode ser adequada para casais que desejam se separar, mas têm esperanças de reconciliação futura. A separação judicial aborda questões como divisão de bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia, fornecendo um quadro legal para a separação.

 

Quer saber mais sobre as possibilidades de divórcio e separação para o seu caso? Converse com um advogado especialista em Direito da Família agora mesmo!

 

Contrate o advogado ideal para o seu caso

 

Como um advogado especialista em divórcio e separação pode te ajudar?

Um advogado especialista em divórcio e separação pode te ajudar em vários aspectos desse momento, de modo a garantir a proteção aos direitos de todas as partes em questão. Veja a seguir quais são eles: 

Avaliação inicial e orientação legal

Quando alguém decide se separar ou se divorciar, a primeira etapa é consultar um advogado especializado na área. O profissional fará uma avaliação detalhada da situação e fornecerá uma orientação legal personalizada. 

 

Durante essa fase, o advogado explicará os direitos e obrigações de cada cônjuge, bem como as opções disponíveis para a resolução do divórcio ou separação, como mediação, conciliação ou litígio.

Divisão de bens e patrimônio

Um dos aspectos mais complexos de um divórcio é a divisão dos bens e do patrimônio acumulado durante o casamento ou união estável. Nesse sentido, o advogado especialista em divórcio e separação desempenha um papel fundamental. 

 

Ele ajudará a identificar e avaliar todos os ativos e passivos do casal, desde imóveis e veículos até investimentos e dívidas. Sendo assim, com base nessa análise, o advogado buscará garantir uma divisão justa dos bens, considerando as circunstâncias específicas de cada caso.

Veja também: Partilha de bens no divórcio: tire agora suas dúvidas sobre o tema.

 

Guarda dos filhos e pensão alimentícia

Quando há filhos envolvidos em um divórcio ou separação, a definição da guarda e da pensão alimentícia é uma questão sensível. O advogado especialista em divórcio e separação desempenha um papel essencial ao orientar seus clientes sobre os direitos e deveres em relação aos filhos. 

Ele ajudará a encontrar a melhor solução para a guarda, seja ela compartilhada ou unilateral, levando em consideração o bem-estar das crianças. Além disso, o advogado auxiliará na definição de um valor justo para a pensão alimentícia, buscando garantir o sustento adequado dos filhos.

Você também pode se interessar: 10 fatos que você deve saber sobre a pensão alimentícia

 

Mediação e resolução de conflitos

Em muitos casos, é possível resolver os problemas decorrentes de um divórcio ou separação de forma amigável, por meio de mediação ou conciliação. 

 

O advogado especialista em divórcio atuará como mediador nesses casos, facilitando a comunicação entre as partes envolvidas e buscando um acordo justo e equilibrado. Essa abordagem evita o desgaste emocional e os custos associados a um processo litigioso.

 

Representação legal em tribunal por um advogado especialista em divórcio e separação

Quando as tentativas de resolução amigável não são bem-sucedidas, pode ser necessário recorrer ao tribunal. Nessa etapa, o advogado especialista em divórcio representará seus clientes de forma assertiva e competente. 

 

Ele apresentará os argumentos e as evidências relevantes, protegendo os interesses de seus clientes e buscando uma decisão favorável da justiça.

Planejamento para o futuro

Além de cuidar das questões imediatas do divórcio, um advogado especializado pode ajudar seus clientes a planejar o futuro. 

 

Isso pode envolver a criação de acordos pré-nupciais, aconselhamento sobre planejamento patrimonial ou revisão de documentos legais existentes. Essa é uma forma de garantir a segurança e a proteção dos interesses de seus clientes no longo prazo.

 

Quero entrar com o pedido de divórcio. O que devo fazer?

Tomar a decisão de entrar com o pedido de divórcio não é nada fácil. Nesse momento, porém, é preciso ter atenção às questões legais e seguir o passo a passo adequado para entrar com o pedido na Justiça. Veja a seguir: 

Reflita e avalie a situação

Antes de dar entrada no pedido de divórcio, é fundamental refletir e avaliar cuidadosamente a decisão. Certifique-se de que é realmente isso que você deseja, considerando todos os aspectos emocionais, financeiros e familiares envolvidos. 

 

Consulte um advogado especialista em Divórcio e Separação

Buscar a orientação de um advogado especializado em Direito de Família é essencial para garantir que você siga os procedimentos legais corretos. Isso porque, um profissional experiente ajudará a analisar a situação e poderá orientá-lo sobre seus direitos e obrigações. Além disso, ele também irá auxiliar na preparação de todos os documentos necessários.

 

Separação amigável ou litigiosa

Como foi dito acima, existem duas formas principais de divórcio: amigável e litigioso. No divórcio amigável, o casal concorda mutuamente em se separar e define os termos do divórcio, como partilha de bens, guarda dos filhos e pensão alimentícia. 

 

Já no divórcio litigioso, as partes não chegam a um acordo e o juiz decide sobre as questões pendentes. A forma escolhida afetará a maneira como você procede com o pedido de divórcio.

 

Organize a documentação necessária

Independentemente do tipo de divórcio de escolha, você precisará organizar a documentação adequada. Isso pode incluir, por exemplo: certidão de casamento, documentos financeiros, comprovantes de renda, inventário de bens, informações sobre a guarda dos filhos, entre outros. Seu advogado irá orientá-lo sobre quais documentos específicos são necessários em seu caso.

 

Elabore a petição de divórcio

A petição de divórcio é um documento legal que formaliza o pedido de divórcio. Seu advogado ajudará a redigir a petição de acordo com as leis e regulamentos aplicáveis. Certifique-se de fornecer todas as informações necessárias, como os motivos da separação, as questões financeiras e a guarda dos filhos, se aplicável.

 

Apresente a petição ao tribunal

Após a elaboração da petição de divórcio, ela deve ser apresentada ao tribunal competente. Seu advogado será responsável por esse processo e irá orientá-lo sobre os procedimentos específicos do tribunal em que você está ingressando com o pedido. 

 

Lembre-se de acompanhar o andamento do processo e fornecer qualquer documentação adicional solicitada pelo tribunal.

 

Fique por dentro de tudo sobre o processo de divórcio: entre em contato com um advogado especialista em Direito da Família!

 

Como um advogado especialista em divórcio e separação pode ajudar em casos extrajudiciais?

A separação extrajudicial, isto é, a consensual, é regulamentada pela Lei nº 11.441/2007. Na prática, ela permite a realização do divórcio diretamente em um Cartório de Notas, desde que atendidos os requisitos legais. Sendo assim, algumas etapas que envolvem o processo de separação extrajudicial são as seguintes:

  • Acordo entre as partes: O casal deve entrar em um acordo mútuo sobre todas as questões relacionadas à separação, incluindo partilha de bens, pensão alimentícia, guarda dos filhos (se houver), entre outros.

 

  • Elaboração do contrato de divórcio: Com a assistência dos advogados, é elaborado um contrato de divórcio que reflete os termos de acordo entre as partes. Deve-se redigir o contrato de acordo com as disposições legais aplicáveis e contemplar todas as cláusulas necessárias. Por isso, o suporte de um advogado especialista em divórcio e separação é fundamental.

 

  • Assinatura do contrato: O contrato de divórcio deve ter assinatura por ambos os cônjuges e pelos advogados. É importante ressaltar, portanto, que deve-se realizar a assinatura do contrato perante um Tabelião de Notas em um Cartório de Notas.

 

  • Registro do divórcio: Após a assinatura do contrato, o mesmo deve ser registrado no Cartório de Registro Civil onde foi realizado o casamento. O registro é necessário para que a separação tenha validade legal e para que seja feita a averbação na certidão de casamento.

 

Vale ressaltar que não são todos os casos em que há permissão para a separação extrajudicial. Por exemplo, se houver filhos menores de idade ou incapazes envolvidos, deve-se realizar a separação por meio de processo judicial. Neste caso, é necessária a participação do Ministério Público e o juiz deverá validar o acordo.

 

Está em busca de um advogado especialista em divórcio e separação? Conte com o nosso suporte!

Por fim, este artigo tem como objetivo trazer informações e responder as principais dúvidas relacionadas ao divórcio e separação. Lembre-se, portanto, que contar com o suporte de um advogado especializado é fundamental para garantir seus direitos e facilitar todo o processo legal.

 

Sendo assim, para ajudá-lo nesse processo, o LegalPass conta com um time de advogados qualificados e especialistas na área de Direito da Família. Eles poderão orientá-lo e fornecer todo o suporte necessário, sempre com base nos pilares de ética e profissionalismo e levando em consideração as particularidades do seu caso. 

 

Além disso, contamos com condições especiais e um preço justo e acessível para novos membros que querem garantir acesso à Justiça e buscar seus direitos. 

 

Consulte nossos advogados e peça sua cotação agora mesmo. Nós podemos te ajudar! 

Compartilhe nas redes sociais

Assine nossa
Newsletter

Seus Direitos

Publicações relacionadas

Ver todos

Qual a sua dúvida?

Clicando no botão abaixo sua mensagem aparecerá no WhatsApp e você precisa enviá-la ao advogado escolhido. Em seguida o profissional dará continuidade ao seu atendimento por lá.

[rs-search-form type="full"]
Filtros
[rs-search-form type="full"]
Como foi sua experiência com este advogado?
5/5
[rs-comment-form]